Clima hoje
Sobec
Descec

   Amanhã
Sobec
Descec
Aqui Sudoeste
Segunda-Feira, 20 de Nov de 2017 | 07:48
Busca Aqui Sudoeste    Enviar busca
Aqui Sudoeste
O JORNAL

O jornal que fala a linguagem do povo

O Jornal AQUI SUDOESTE iniciou suas atividades em 04 de março de 1999.
Foi idealizado para levar informações aos seus leitores de forma clara e imparcial.
Nosso compromisso é informar a verdade, sem "maquiagem", doa a quem doer.
Nosso objetivo é assegurar as matérias um tratamento isento de quaisquer vinculações descompromissadas com os interesses da sociedade.
Manter essa postura não é tarefa fácil, mesmo porque em qualquer comunidade estão os que apostam na prática do "quanto pior, melhor", idéias que não podem ser alimentadas.

Isto não significa dizer que o dever de criticar, denunciar, questionar e contestar precise ser abandonado.
A liberdade de expressão é um bem que deve ser preservado.



[X] Fechar
[X] Fechar

Tamanho do texto? A A A A

Em média, 700 pessoas prestigiaram concertos do Festival Internacional de Música

21/07/2015 �s 15:15

Além dos concertos, o Festival também proporcionou que 540 músicos de vários municípios se qualificassem nas oficinas promovidas na Escola Sonata, na Usina do Conhecimento e na Fundação Rotária, com professores do Brasil e do exterior...
Da assessoria

Festival Internacional de Música
Foto: assessoria
Regional - Neste domingo (19) foi encerrada a primeira etapa do Festival Internacional de Música Sonata, no Urio Park, em Marmeleiro, com a apresentação da orquestra formada por alunos e professores das oficinas. O evento foi bastante concorrido.
Em uma semana o Festival proporcionou que toda a comunidade regional prestigiasse concertos gratuitos em igrejas, teatros, escolas, empresas e demais espaços públicos. Os concertos com o maior número de público aconteceram no auditório do Cesul. De acordo com a coordenação, 3.500 pessoas prestigiaram, uma média de 700 por noite. Se levar em consideração as apresentações itinerantes, o número sobe para 6 mil.
Foram feitas apresentações itinerantes nos colégios Cristo Rei, Leo Flach, Tancredo Neves e João Paulo II, Câmara de Vereadores, Ítalo Supermercado, Associação Empresarial, Marel, Hotel Francisco Beltrão Palace, Concatedral Nossa Senhora da Glória, Cohapar, Hospital Regional, Hospital São Francisco, Unioeste, Flessak Centro, Safira, Bonetti Agronutri, Escritório Muralha, Loja Pulu, Rádio Onda Sul, Vitral Sul, Hotel Província, Raffer, entre outros locais.
As apresentações não ficaram restritas a Beltrão. Dois Vizinhos, Renascença, Guarapuava e Pato Branco também se encantaram com os concertos. Nestes locais, a soma total de público chegou aos 3 mil.
“As oficinas e apresentações foram acima das nossas expectativas. Mas realmente o que foi o nosso maior objetivo nessa semana foi amenizar a tristeza da nossa cidade com o tornado e a enchente. Na terça feira (14) tivemos uma breve reunião com a coordenação na qual foi solicitado que deveríamos tocar em mais lugares e fazer um repertorio mais descontraído. Procuramos ser um apoio emocional para combater o clima triste que estava em nossa cidade”, resumiu a professora Dotsy Myrna Santi Rebelatto, uma das coordenadoras.
Além dos concertos, o Festival também proporcionou que 540 músicos de vários municípios se qualificassem nas oficinas promovidas na Escola Sonata, na Usina do Conhecimento e na Fundação Rotária, com professores do Brasil e do exterior. O violinista Vinicius Batista, de Pato Branco, foi o ganhador da bolsa de estudos no Conservatório Antonio Buzzolla, de Adria, na Itália. Ele foi escolhido pelo diretor do conservatório, o violinista Elio Orio, que também se apresentou no palco do Festival.
Outros alunos também foram ganhadores de bolsas de estudo: Leomar Dias da Silva, de Pato Branco, professor de contrabaixo no Instituto Prosdócimo Guerra; e Douglas Lemes, da Orquestra Filarmônica Unicesumar, de Maringá. Durante oito dias eles participarão de aulas ministradas pelo contrabaixista venezuelano Alejandro Orellana, integrante da Orquestra de Câmara de Viena. “O diferencial deste festival foi a qualidade dos professores e os alunos. Tivemos mais alunos do que os anos anteriores, e a vontade deles aprenderem e se superarem foi emocionante, por isso todos os professores saíram daqui de nossa cidade realizados e com disposição para voltar”, enalteceu a professora Dotsy.

Música erudita, rock, caipira, jazz. Foram vários os estilos musicais tocados durante o evento, agradando a vários gostos musicais. No sábado à noite a Big Belas Band, da Escola de Música e Belas Artes da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) e o cantor beltronense Etcheverry Santi Rebelatto protagonizaram uma das apresentações mais aplaudidas, por conta do repertório bastante variado, formado por músicas temas das animações do cinema e clássicos do jazz.

Programação continua
Esta semana será dada sequência na segunda etapa da programação. Nesta segunda e terça-feira acontece a oficina de Harmônio e quarta, quinta e sexta-feira a oficina de Biomúsica. No dia 27 chegam a Francisco Beltrão o cantor lírico italiano Carlo Colombara e a pianista Nicoletta Olivieri. “Agora para a segunda etapa vamos continuar com o mesmo nível e esperar a chegada dos cantores de Cascavel, Rio de Janeiro, Dois Vizinhos, Recife, São Paulo e Venezuela”, finalizou Dotsy.
No dia 30 o concerto de gala com os dois italianos e a participação especial de cantores líricos encerra o Festival Internacional de Música Sonata.

Aulas na Sonata retomam dia 03 de agosto
A máster class do cantor lírico Carlo Colombara será realizada na Escola Sonata. Por isso, o segundo semestre de aulas na Escola será retomado somente no dia 03 de agosto. A professora Dotsy informa que as aulas serão repostas no dia 27 de dezembro.
Seja o primeiro a comentar

 Nome  (Preenchimento obrigatório)

 Email

 Comentário

Comente Também


 Central de Relacionamento    Aqui News     Política de Privacidade     Anuncie Aqui     Entre em Contato

2005-2017 Aqui Sudoeste On-line. Todos os direitos reservados.