Clima hoje
Sobec
Descec

   Amanhã
Sobec
Descec
Aqui Sudoeste
Segunda-Feira, 23 de Jul de 2018 | 02:58
Busca Aqui Sudoeste    Enviar busca
Aqui Sudoeste
O JORNAL

O jornal que fala a linguagem do povo

O Jornal AQUI SUDOESTE iniciou suas atividades em 04 de março de 1999.
Foi idealizado para levar informações aos seus leitores de forma clara e imparcial.
Nosso compromisso é informar a verdade, sem "maquiagem", doa a quem doer.
Nosso objetivo é assegurar as matérias um tratamento isento de quaisquer vinculações descompromissadas com os interesses da sociedade.
Manter essa postura não é tarefa fácil, mesmo porque em qualquer comunidade estão os que apostam na prática do "quanto pior, melhor", idéias que não podem ser alimentadas.

Isto não significa dizer que o dever de criticar, denunciar, questionar e contestar precise ser abandonado.
A liberdade de expressão é um bem que deve ser preservado.



[X] Fechar
[X] Fechar

Tamanho do texto? A A A A

¿Hablas español?

26/01/2010 �s 08:51

Estudantes de ensino médio terão espanhol como disciplina
Por Lucas Carniel

Professora Elianne: “Todas as 95 escolas abrangidas pelo NRE de Beltrão optaram pelo método
Geral - Localização geográfica, facilidade no aprendizado, importância do idioma no continente. Vários fatores contribuem para que o aprendizado do espanhol seja um grande atrativo e, aliado ao inglês, pode ser a chance de se apresentar um curriculum invejável para o mercado de trabalho.
Para estudantes de ensino médio, soltar o verbo em espanhol não será um sonho tão distante a partir deste ano. A lei federal 11.161/05 obriga que todas as escolas de nível médio ofertem o ensino do idioma.
No Paraná, a disciplina será realizada através do método Celem, assim, os estudantes terão as matérias convencionais da grade curricular e, no período contrário, o ensino do idioma. Serão quatro aulas semanais. “Todas as 95 escolas abrangidas pelo NRE de Francisco Beltrão optaram pelo método”, explica professora Elianne Paggi Montemezzo, coordenadora pedagógica de Línguas Estrangeiras Modernas (Lem) e Centro de Línguas Estrangeiras Modernas (Celem).
A lei de 2005 diz que as escolas tinham prazo de cinco anos (que expira em 2010) para começar as aulas. Em Francisco Beltrão, os colégios Tancredo Neves e São Miguel já começaram com o espanhol mesmo antes do fim do prazo, outras, além do idioma, terão aulas de italiano, caso do Reinaldo Sass e Suplicy. “Nos colégios que não possuem ensino médio, os interessados poderão matricular-se em outras escolas”, diz. “Entretanto, a prioridade é dos alunos do colégio”.
O curso terá duração de dois anos, em média, totalizando 320 horas. O aluno poderá optar por mais um ano de especialização. Do total de vagas, 60% são destinadas para estudantes, 30% para a comunidade e 10% para funcionários das escolas.
Seja o primeiro a comentar

 Nome  (Preenchimento obrigatório)

 Email

 Comentário

Comente Também


 Central de Relacionamento    Aqui News     Política de Privacidade     Anuncie Aqui     Entre em Contato

2005-2018 Aqui Sudoeste On-line. Todos os direitos reservados.