Clima hoje
Sobec
Descec

   Amanhã
Sobec
Descec
Aqui Sudoeste
Terça-Feira, 24 de Abr de 2018 | 00:06
Busca Aqui Sudoeste    Enviar busca
Aqui Sudoeste
O JORNAL

O jornal que fala a linguagem do povo

O Jornal AQUI SUDOESTE iniciou suas atividades em 04 de março de 1999.
Foi idealizado para levar informações aos seus leitores de forma clara e imparcial.
Nosso compromisso é informar a verdade, sem "maquiagem", doa a quem doer.
Nosso objetivo é assegurar as matérias um tratamento isento de quaisquer vinculações descompromissadas com os interesses da sociedade.
Manter essa postura não é tarefa fácil, mesmo porque em qualquer comunidade estão os que apostam na prática do "quanto pior, melhor", idéias que não podem ser alimentadas.

Isto não significa dizer que o dever de criticar, denunciar, questionar e contestar precise ser abandonado.
A liberdade de expressão é um bem que deve ser preservado.



[X] Fechar
[X] Fechar

Tamanho do texto? A A A A

“Veranico” de julho desregula ciclo agrícola

08/07/2010 �s 09:22

O calorzinho que antecede as estações mais frias, tradicionalmente aguardado para maio, este ano veio mais tarde. Pior para a pecuária leiteira, trigo e alguns setores da fruticultura
Por Lucas Carniel

O calor e a estiagem estimulam a brotação antecipada de frutas de clima temperado, como a uva
Crédito – Divulgação
Geral - Este ano não tivemos o tradicional calorzinho do mês de maio, que geralmente antecede os dias mais frios. O “veranico” só apareceu em julho, e setores da agricultura ficam na expectativa para não saírem prejudicados. Produtores que cultivam frutas de clima temperado, como uva, pêssego e ameixa, produtores de leite e triticultores ainda não tiveram prejuízos, embora o calor desregule o ciclo de suas atividades.

PECUÁRIA LEITEIRA
“No setor de pecuária leiteira, o que tá acontecendo é a dificuldade para o desenvolvimento das pastagens de inverno. Embora cara, uma alternativa é a irrigação dos pastos”, explicou o técnico do Departamento de Economia Rural da Seab, Ricardo Kaspreski.

TRIGO
O calor e a estiagem, que persiste desde o dia 22 de junho, pegaram o final do plantio do trigo. “Os produtores ainda estão aguardando o que vai acontecer com o clima. Felizmente esta espera não vai alterar na qualidade do trigo, pois ainda estamos no zoneamento. Caso a estiagem se prolongue, e isso é tudo o que a gente não quer, poderá trazer problemas para o setor”, analisa Kaspreski.

FRUTICULTURA
Na fruticultura, a pequena estiagem aliada ao calor faz uma combinação perigosa para frutas de clima temperado, principalmente uva, pêssego e ameixa. “Isso estimula a brotação antecipada dessas frutas. E caso esfrie muito em agosto ou setembro, com a formação de geadas, pode prejudicar na produção das frutas”, explica.

Veja Também

» ¿Hablas español?

Seja o primeiro a comentar

 Nome  (Preenchimento obrigatório)

 Email

 Comentário

Comente Também


 Central de Relacionamento    Aqui News     Política de Privacidade     Anuncie Aqui     Entre em Contato

2005-2018 Aqui Sudoeste On-line. Todos os direitos reservados.