Clima hoje
Sobec
Descec

   Amanhã
Sobec
Descec
Aqui Sudoeste
Segunda-Feira, 20 de Nov de 2017 | 07:30
Busca Aqui Sudoeste    Enviar busca
Aqui Sudoeste
O JORNAL

O jornal que fala a linguagem do povo

O Jornal AQUI SUDOESTE iniciou suas atividades em 04 de março de 1999.
Foi idealizado para levar informações aos seus leitores de forma clara e imparcial.
Nosso compromisso é informar a verdade, sem "maquiagem", doa a quem doer.
Nosso objetivo é assegurar as matérias um tratamento isento de quaisquer vinculações descompromissadas com os interesses da sociedade.
Manter essa postura não é tarefa fácil, mesmo porque em qualquer comunidade estão os que apostam na prática do "quanto pior, melhor", idéias que não podem ser alimentadas.

Isto não significa dizer que o dever de criticar, denunciar, questionar e contestar precise ser abandonado.
A liberdade de expressão é um bem que deve ser preservado.



[X] Fechar
[X] Fechar

Tamanho do texto? A A A A

Vigilância faz alerta sobre bronzeamento artificial

25/10/2017 �s 10:27


Da assessoria

Foto: assessoria
Francisco Beltrão - Com a chegada da estação mais quente aumenta a procura por procedimentos de bronzeamento de diversas formas. Muitas mulheres ainda se submetem as câmaras de bronzeamento artificial, pelo fato de obter resultados mais rápidos. Entretanto, o procedimento é proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) desde 2009 devido aos problemas com a alta emissão de raios UVA, associados ao câncer de pele.
Segundo a inspetora da Vigilância Sanitária da prefeitura de Francisco Beltrão, Thalita Schmoller, mesmo sem regulamentação, a prática ainda é frequente na região, de forma clandestina. A Vigilância tem recebido denúncias frequentes com relação ao uso da câmara. Constatada a irregularidade, os proprietários sofrem penalidades.
De acordo com a inspetora, muitas pessoas continuam procurando o procedimento estético e enquanto tiver procura o bronzeamento é mantido de forma clandestina. “É importante ter consciência dos perigos do bronzeamento artificial nestas câmaras e pedimos que quem tiver conhecimento de locais que ofereçam o serviço denuncie”, relata Thalita. As denúncias podem ser feitas de forma anônimas através do telefone (46) 3524-02-69, ou na Ouvidoria Municipal de Saúde, na rua Palmas, no prédio da rodoviária.
Seja o primeiro a comentar

 Nome  (Preenchimento obrigatório)

 Email

 Comentário

Comente Também


 Central de Relacionamento    Aqui News     Política de Privacidade     Anuncie Aqui     Entre em Contato

2005-2017 Aqui Sudoeste On-line. Todos os direitos reservados.